Jornal

4 questões para considerar no impeachment de Dilma Rousseff

Depois de longo período de discussões, polêmicas, e do processo regular estabelecido pela Constituição,  o Senado Federal decidiu pelo impeachment de Dilma Rousseff. Talvez você seja favorável à decisão, talvez não. Mas se você é cristão, poderia se beneficiar ao considerar quatro questões nesse evento:

1 O aspecto da justiça

               Quer concordemos ou não, os juízes do Senado consideraram comprovados os crimes de responsabilidade fiscal cometidos pela ex-presidente. É interessante identificar como, em um primeiro momento, os petistas negavam a realidade das pedaladas fiscais. Depois, como fez o próprio ex-presidente Lula, passaram a afirmar a sua existência, porém justificando-as com os programas sociais.

               Se um presidente comete crime de responsabilidade, está sujeito à perda do mandato. Isso nada fala sobre o seu caráter ou motivações. Apenas apresenta uma perspectiva na qual a lei tem aspectos de soberania. O princípio Lex Rex — a lei é o rei — tem influência protestante, sendo definido pelo pastor presbiteriano escocês Samuel Rutherford.

               Como cristãos, devemos desejar que a justiça seja feita, seja para punição do grupo político adversário, seja para a punição do nosso grupo político. Precisamos ser guiados por valores eternos, e não por conveniências transitórias.

About the author

allenporto