Caneta

Voz de autoridade

Written by allenporto

EU QUERIA UMA VOZ AUTORITATIVA.
Uma das tentações em ter um blog ou postar opiniões e comentários nas redes sociais está no desejo de PARECER intelectual e TER a palavra final. Não por acaso, muitos posts sofrem de terrível afetação — gente querendo parecer erudito, falando difícil, e escrevendo muito mal — e muitos debates online terminam em guerra sangrenta, pois a rejeição do MEU argumento se torna, automaticamente, a incapacidade alheia de perceber as MINHAS qualificações e também se torna a rejeição da MINHA pessoa.

Embora não devamos ter uma postura descomprometida com a verdade, a “cura” para essa doença passa por não nos levarmos tão a sério. Em ordem:

1 É impossível apresentar a versão definitiva sobre qualquer coisa em um mero post de redes sociais;
2 Eu sou criatura, e não Criador, portanto a minha palavra está sujeita a questionamentos e críticas;
3 Eu sou afetado pela Queda, portanto, meu raciocínio não é perfeito, e posso errar na compreensão e análise das coisas;
4 Eu sou menos racional do que pretendo ser, pois minhas afeições e estruturas sociais de plausibilidade afetam muito daquilo que racionalizo como “a posição mais coerente”;
5 A vida é mais do que as minhas opiniões, e eu também sou mais do que elas — a rejeição das minhas idéias não significa o meu rebaixamento como ser humano (minha identidade está em Cristo).

A voz autoritativa pertence ao Senhor, em Sua Palavra. Todas as vezes que desejo ocupar esse lugar, revelo a minha idolatria e a perversidade de um coração que pretende ser Deus.

Quando as coisas estão no seu lugar, porém, que agradável é trocar idéias com as mais variadas pessoas! Discutir sem ofender e se sentir ofendido; falar e ouvir; questionar e ser questionado; até mesmo sair do diálogo sem se ter chegado a um acordo, mas sem o clima de inimizade. Mesmo as conversas difíceis podem ser belas, se o nosso ego estiver no lugar correto. Você não deseja isso?

About the author

allenporto